Vasco acerta a trave, e fica só no empate com Grêmio


Em mais uma noite de casa cheia em São Januário, o Vasco empatou em 0 a 0 com o Grêmio, em jogo válido pela décima rodada da Série B do Brasileirão, mesmo com mais de 20 mil torcedores presentes, empurrando o time no estádio. Com o resultado, o Vasco perdeu a chance de colar de vez no líder Cruzeiro e se mantem até o momento, na vice-liderança da competição.

Algumas chances de gol, muita reclamação com a arbitragem e cinco cartões amarelos. Assim foi o primeiro tempo em São Januário, com o Vasco mais atento nos primeiros momentos, com uma boa chance em chute de Nenê que foi defendido por Brenno. Depois, o time visitante conseguiu alguns bons lances e ficou perto de abrir o placar. 

Uma das jogadas de perigo saiu no chute de Thiago Santos após tabela com Diego Souza. A bola passou perto da trave. Em outra, Biel chutou para uma boa defesa de Thiago. Com jogadores nervosos, muita confusão e jogo parado, o Vasco levou quatro cartões amarelos, contra um do adversário. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira foi cobrado pelos dois lados, além dos torcedores. Que protestaram na arquibancada.

Na segunda etapa, o Vasco continuou abaixo tecnicamente, sobretudo Getúlio que, embora tenha demonstrado vontade, não conseguia ser uma boa opção de ataque. Aos cinco minutos, o Grêmio levou perigo com Gabriel Teixeira. O jovem recebeu, driblou Quintero dentro da área, e chutou, para Thiago fazer uma grande defesa.

Com o jogo monótono e sem emoção, Zé Ricardo decidiu fazer mudança no meio de campo e sacou Nenê e Andrey Santos para colocar Palacios e Matheus Barbosa. Mas o desempenho vascaíno continuou o mesmo. Nos minutos finais, o time do Vasco acordou, e sua torcida veio junto. A sintonia parecia que ia dar certo mais uma vez. Aos 40 minutos, Palacios recebeu na entrada da área e soltou a bomba, Brenno defendeu no susto e jogou para escanteio. Quase gol do Vasco.

Aos 49, Palacios novamente, por pouco, não abriu o placar. Gabriel Pec fez ótima jogada, tocou para Palacios, que soltou a bomba, e acertou o travessão. Alguns torcedores chegaram a gritar gol em São Januário. Mas o time vascaíno ficou no quase e não conseguiu a vitória dentro de casa, diante de um Grêmio em crise.

Após o apito final, os vascaínos continuaram apoiando a equipe, com grito de VAMOS SUBIR VASCO. Palacios chegou a se emocionar em campo. O chileno foi amparado por Anderson Conceição. Agora, o Cruzmaltino volta a campo na próxima terça-feira, para enfrentar o Náutico, no estádio dos Aflitos, pela 11ª rodada da Série B.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 x 0 GRÊMIO

Data e hora: 2/6/2022, às 20h
Local: Estádio de São Januário - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA-SP); VAR: Herman Brumel Vani (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Evandro de Melo Lima (SP) 
Público presente: 21.075; Renda: R$ 624.424,00; Gols: Não houve
Cartões Amarelos: Gabriel Dias, Quintero, Andrey, Palacios e Figueiredo (VAS); Kannemann, Thiago Santos e Benítez (GRE)

VASCO: Thiago Rodrigues, Gabriel Dias (Weverton, 22’/2ºT), Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara, Andrey (Matheus Barbosa, 26’/2ºT) e Nene (Palacios, 26’/2ºT); Gabriel Pec, Getúlio (Raniel, 22’/2ºT) e Figueiredo (Vinícius, 34’/2ºT).
Técnico: Zé Ricardo.

GRÊMIO: Brenno, Bruno Alves, Geromel e Kannemann; Edilson (Jonathan Varela, 19’/2ºT), Thiago Santos, Bitello (Lucas Silva, 18’/2ºT) e Nicolas (Diogo Barbosa, 18’/2ºT); Benítez (Janderson, Intervalo), Diego Souza (Elkeson, 28’/2ºT) e Gabriel Teixeira.
Técnico: Roger Machado.

fonte: odia.ig.com.br

Postar um comentário

0 Comentários